Análises e insights

HOME / análises e insights

Herancas e doacoes estao livres de Imposto de Renda
Direto ao Ponto 3

Heranças e doações agora estão livres de Imposto de Renda: Como a decisão do STF pode beneficiar a sucessão empresarial em famílias empreendedoras

Você já parou para pensar em como será a sucessão empresarial em sua família empreendedora? Não é uma tarefa simples e pode gerar diversos problemas, especialmente em relação à transferência de patrimônio e participações societárias entre familiares. No entanto, a recente decisão do STF em relação à incidência de Imposto de Renda sobre doações e heranças pode trazer benefícios para a gestão patrimonial e facilitar a sucessão em empresas familiares.

STF decide que Imposto de Renda não deve incidir sobre doação e herança: Entenda

Na última quinta-feira (9 de março de 2023), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o Imposto de Renda (IR) não deve incidir sobre doações e heranças recebidas por pessoas físicas. A decisão foi tomada em relação a um caso específico, mas pode ter impacto em outras situações semelhantes.

Os números por trás da decisão do STF

De acordo com dados do IBGE, apenas cerca de 30% das empresas familiares sobrevivem à segunda geração e apenas 5% sobrevivem à terceira. A sucessão empresarial é um processo complexo e muitas vezes envolve disputas e conflitos entre familiares.

Conforme dados da Associação Brasileira de Family Offices (ABFO), atualmente existem mais de 80 mil famílias empresárias no país, e grande parte delas enfrentam problemas na hora da sucessão.

A decisão do STF de eliminar a incidência de Imposto de Renda sobre doações e heranças pode ajudar a facilitar esse processo.

Como a decisão do STF pode ajudar ou facilitar as famílias empresariais no momento da sucessão

A decisão do STF pode ter um grande impacto para as famílias empresariais no momento da sucessão. Com a eliminação da cobrança de Imposto de Renda sobre doações e heranças, as empresas familiares poderão se beneficiar ao realizar operações de transferência de patrimônio e participações societárias de forma mais eficiente e econômica.

A decisão do STF de que o imposto de renda não deve incidir sobre doações e heranças pode ser uma grande oportunidade para as empresas familiares adotarem estratégias de planejamento sucessório. Uma das principais alternativas é a criação de holdings familiares, que permitem uma gestão mais eficiente e uma maior proteção do patrimônio da família. Com a utilização de holdings, os herdeiros não precisam disputar o controle da empresa, pois cada um terá sua participação garantida na holding.

Com a decisão do STF, as holdings familiares se tornam ainda mais atraentes como ferramenta para a sucessão empresarial. A eliminação do Imposto de Renda sobre doações e heranças pode facilitar a transferência de patrimônio e a sucessão de participações societárias entre familiares, sem que haja uma carga tributária significativa.

compliance 2
compliance 1

Como a decisão do STF pode ajudar ou facilitar as famílias empresariais no momento da sucessão

A decisão do STF pode ter um grande impacto para as famílias empresariais no momento da sucessão. Com a eliminação da cobrança de Imposto de Renda sobre doações e heranças, as empresas familiares poderão se beneficiar ao realizar operações de transferência de patrimônio e participações societárias de forma mais eficiente e econômica.

A decisão do STF de que o imposto de renda não deve incidir sobre doações e heranças pode ser uma grande oportunidade para as empresas familiares adotarem estratégias de planejamento sucessório. Uma das principais alternativas é a criação de holdings familiares, que permitem uma gestão mais eficiente e uma maior proteção do patrimônio da família. Com a utilização de holdings, os herdeiros não precisam disputar o controle da empresa, pois cada um terá sua participação garantida na holding.

Com a decisão do STF, as holdings familiares se tornam ainda mais atraentes como ferramenta para a sucessão empresarial. A eliminação do Imposto de Renda sobre doações e heranças pode facilitar a transferência de patrimônio e a sucessão de participações societárias entre familiares, sem que haja uma carga tributária significativa.

Os riscos inerentes à sucessão empresarial

A atuação do advogado na sucessão empresarial

A sucessão empresarial pode ser um momento delicado para a família empreendedora, especialmente se não for realizada de forma adequada e planejada. Disputas familiares, conflitos de interesses e questões jurídicas podem surgir nesse processo e impactar negativamente a gestão da empresa.

Se não forem adotadas medidas de planejamento sucessório, a sucessão pode se tornar um processo extremamente complexo e arriscado para as empresas familiares. Sem um plano adequado, é comum que os herdeiros acabem disputando o controle da empresa, o que pode levar a conflitos familiares, judicialização do processo sucessório e até mesmo à venda da empresa. 

Além disso, sem um planejamento sucessório eficiente, a empresa pode estar sujeita a uma série de riscos jurídicos, como o pagamento de altas taxas de imposto de transmissão de bens e direitos, além do imposto de renda sobre doações e heranças.

Para evitar riscos e problemas na sucessão empresarial, a atuação do advogado especializado é essencial. Ele pode auxiliar na criação de estruturas societárias adequadas, na elaboração de acordos de acionistas e na realização de planejamento tributário, além de prestar consultoria jurídica para a empresa familiar.

A decisão do STF de eliminar a cobrança de Imposto de Renda sobre doações e heranças pode ter um grande impacto para as empresas familiares que optam por utilizar holdings familiares como forma de organização e proteção patrimonial. Com a eliminação da carga tributária, as holdings se tornam ainda mais atraentes como ferramenta para a sucessão empresarial, facilitando a transferência de patrimônio e a sucessão de participações societárias entre familiares. 

Além disso, a utilização de holdings familiares pode trazer diversos benefícios, como a proteção patrimonial, flexibilidade na gestão, planejamento tributário e facilidade na sucessão.

Perguntas e Respostas

Não, a decisão do STF apenas elimina a incidência de Imposto de Renda sobre doações e heranças, mas é necessário verificar a legislação estadual para saber se há isenção ou redução do ITCMD em casos específicos.

O ITCMD deve ser pago por quem recebe bens ou direitos por herança ou doação. É um imposto estadual e incide sobre transmissão da propriedade de bens e direitos em decorrência (a) do falecimento de seu titular (causa mortis) ou de cessão gratuita (doação).

Em outros países o tributo é usado para reduzir a desigualdade social, mas o Brasil tem uma das menores taxas do mundo. Por lei, a alíquota máxima é de 8%, mas cabe aos estados definir o percentual.

Uma holding familiar é uma empresa que tem como objetivo gerir o patrimônio de uma família, incluindo participações em outras empresas, imóveis, investimentos e outros ativos. A holding é controlada pelos membros da família, que têm participações proporcionais ao seu patrimônio.

uto é usado para reduzir a desigualdade social, mas o Brasil tem uma das menores taxas do mundo. Por lei, a alíquota máxima é de 8%, mas cabe aos estados definir o percentual.

Sim, é possível, mas a utilização de holdings pode trazer diversos benefícios, como proteção patrimonial, flexibilidade na gestão, planejamento tributário e facilidade na sucessão.

A principal vantagem da criação de uma holding familiar é a proteção do patrimônio da família. Com a utilização de uma holding, os bens da família são separados da atividade empresarial, o que garante uma maior segurança jurídica e protege o patrimônio em caso de problemas na empresa.

Como temos ajudado o mercado

Representamos clientes que impactam o futuro

Melhoramos o desenvolvimento dos negócios de nossos clientes por meio de uma atuação focada em mudanças que impactam a eficiência e a desburocratização das operações. Disponibilizamos regularmente artigos, opiniões, tendências e notícias sobre temas que afetam as rotinas dos negócios, contudo de maneira simples, prática e sem “jargão jurídico”

 

Conheça nossas áreas de atuação

MAIS NOTÍCIAS

Diálogos entre LGPD e a regulação de IA (2)

Diálogos entre LGPD e a regulação de IA

Estamos orgulhosos em anunciar que nossa advogada de direito digital, Mônica Marques, estará participando do Fórum da Internet no Brasil para tratar sobre LGPD e regulação de IA. 🚀

Estudo de Caso

Multinacional adota soluções jurídicas analíticas para prevenir e mitigar Riscos Trabalhistas

Veja os detalhes

Entenda como a jurimetria aplicada traz disrupção na gestão de contingências jurídicas

Enviar uma mensagem
Olá
Podemos ajudá-lo?